Sobe para 368 o número de mortos pela gripe no Brasil

Brasília, 18 ago (EFE).- O Ministério da Saúde contabilizou hoje 176 novas mortes pela nova gripe nos últimos dias no país, com o que o total de mortos pela doença subiu para 368 pessoas.

EFE |

O ministério destacou que as mortes não foram registradas em uma semana, mas foram confirmadas em laboratórios entre 8 e 15 de agosto.

A metade dos mortos tinha algum fator de risco, como doenças metabólicas e respiratórias, cardiopatias crônicas, hipertensão ou imunodepressão, segundo o último boletim epidemiológico divulgado hoje pelo órgão.

Nesse grupo de risco estão incluídas as 46 mortes entre grávidas, o que representa 12,5% do total de mortos.

Com os novos dados, o Brasil sobe para a terceira colocação em países do mundo com mais mortes pela gripe, atrás dos Estados Unidos (477) e da Argentina (404) e à frente do México (163), país onde a doença se originou.

A taxa de mortalidade chegou a 0,19 morte por 100 mil habitantes, número que coloca o Brasil como nono país no qual o vírus AH1N1 se mostrou como mais mortífero.

Os estados mais afetados são São Paulo, com 151 mortes, seguido de Paraná (81) e Rio Grande do Sul (68), Rio de Janeiro (45) e Santa Catarina (10).

Entre 25 de abril e 15 de agosto houve 20.820 pacientes com síndrome de insuficiência respiratória grave no Brasil, dos quais em 3.087 foi confirmada presença do vírus AH1N1, segundo o comunicado.

EFE mp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG