Sobe para 352 o número de mortos devido ao ciclone no sul de Mianmar

Bangcoc, 4 mai (EFE).- As autoridades birmanesas elevaram para 352 o número de mortos por causa do ciclone que atingiu neste fim de semana a região do sul de Mianmar (antiga Birmânia).

EFE |

informou a televisão estatal.

O aumento de vítimas fatais foi divulgado depois que o Governo militar recebeu informação da descoberta de 109 mortos na pequena ilha de pescadores de Haing Gyi, situada em frente ao litoral do delta do rio Irrawaddy, a zona mais atingida pelo ciclone "Nargis".

Antes, a televisão estatal havia informado que 223 pessoas morreram na divisão de Ayeyawaddy, situada no delta do rio e cerca de 220 quilômetros ao sudoeste de Yangun, a antiga capital.

O ciclone passou por Ayeyawaddy durante a noite e a madrugada da sexta-feira, antes de chegar a Yangun, a antiga capital e onde morreram pelo menos mais 20 pessoas, a maioria por causa do desabamento de casas, e da queda de árvores e de objetos dos edifícios.

Os fortes ventos, de 190 a 240 km/h, causaram também o corte do fornecimento de energia elétrica e telefone em todas as povoações do delta do rio Irrawaddy, além de em Yangun. EFE mfr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG