Sobe para 30 o número de mortos em atentado contra mesquita xiita no Iraque

(atualiza com número de mortos). Bagdá, 7 ago (EFE).- Pelo menos 30 pessoas morreram hoje e mais de 100 ficaram feridas na explosão de um carro-bomba colocado em frente a uma mesquita xiita na cidade iraquiana de Mossul, a 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informaram à Agência Efe fontes policiais.

EFE |

O alvo do atentado era uma mesquita de xiitas turcomanos situada na região norte da cidade, justamente no momento em que os fiéis saíam da tradicional oração das sextas-feiras.

As fontes informaram que, entre os 30 mortos pelo carro-bomba, há cinco crianças e três mulheres.

A força da explosão provocou o colapso da mesquita e de dez outros imóveis dos arredores. Por isso, ainda há buscas por sobreviventes e corpos sob os escombros.

Além disso, muitos carros estacionados na área da explosão ficaram destruídos.

Em outro incidente, um membro das milícias pró-governo dos Conselhos de Salvação morreu em um ataque contra a patrulha na qual trafegava, 14 quilômetros ao sul da cidade de Baquba.

Em um tiroteio registrado em Sadaya, a 70 quilômetros ao norte de Baquba, morreram um soldado iraquiano e um civil.

Na manhã de hoje, cinco xiitas morreram na explosão de duas bombas dirigidas intencionalmente contra caminhonetes repletas de peregrinos que voltavam da cidade iraquiana de Karbala, onde um milhão de pessoas se reuniram para celebrar o aniversário do nascimento do imame xiita Al Mahdi.

Na sexta-feira passada, cinco explosões contra templos xiitas deixaram 29 mortos e dezenas de feridos em um dos piores atos violentos desde a retirada das tropas americanas das áreas urbanas do Iraque em 30 de junho. EFE ah-nq-jrg/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG