Sobe para 30 número de mortes pela gripe no Reino Unido

Londres, 21 jul (EFE).- A morte de uma jovem de 15 anos na cidade de Glasgow, na Escócia, elevou para 30 o número de mortes pela gripe suína em todo o Reino Unido, informaram as autoridades locais.

EFE |

A moça tinha outros problemas de saúde quando foi contaminada pelo vírus.

Já a menina inglesa Chloe Buckley, que supostamente morreu pela gripe em 9 de julho, aos 6 anos, não faleceu vítima da doença, e sim de problemas decorrentes de uma amigdalite.

Diante do aumento do número de supostos casos no Reino Unido, o Governo anunciou o funcionamento, a partir desta semana, de um serviço especial que atenderá as pessoas que acreditam ter a gripe, o que desafogaria os médicos.

Também serão disponibilizados um telefone e um site para os cidadãos que temam estar com o vírus possam entrar em contato.

Segundo números oficiais, já são 55 mil pessoas no Reino Unido com a doença.

O Executivo assegurou ainda que a vacina contra a gripe começará a estar disponível a partir de agosto, e que haverá dose para 30 milhões de pessoas até o final do ano. EFE.

jm/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG