Sobe para 276 número de casos da gripe no Chile

Santiago do Chile, 31 mai (EFE).- O Governo chileno confirmou neste domingo 26 novos casos da gripe suína, com o que o número total de infectados no país chega a 276, três dos quais se encontram em estado grave.

EFE |

Um desses casos graves corresponde a uma mulher de 38 anos de Santiago, que está estável, como informaram hoje fontes do Ministério da Saúde.

Os outros dois são da região de Los Lagos, que se encontravam na unidade de tratamento intensivo de uma clínica na cidade de Puerto Montt, no sul, e foram transferidos a um hospital de Santiago devido ao agravamento de seu estado.

A partir de amanhã, o Ministério da Saúde do Chile mudará sua estratégia contra a gripe suína aperfeiçoando os critérios clínicos para a detecção de casos suspeitos e focando mais o tratamento de doentes.

Com isso, diminuirão progressivamente as barreiras sanitárias nos postos de fronteira, portos e aeroportos, já que, segundo nota do ministério divulgada ontem à noite, "o vírus já está instalado" no Chile.

Pelo mesmo motivo, também nos próximos dias, o controle de temperatura ao qual os passageiros se submetem no aeroporto internacional da capital será suspenso. Porém, todos os viajantes continuarão recebendo informação preventiva.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE frf/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG