Sobe para 26 o número de mortos por desmoronamento na China

Pequim - O número de mortos por um deslizamento de terra e pedras na província chinesa de Yunnan (sudoeste) subiu para 26 após outros quatro cadáveres terem sido encontrados, informou hoje a agência oficial Xinhua.

EFE |

Fontes do departamento provincial de assuntos sociais disseram que mais de 411 mil pessoas de 13 distritos de Chuxiong Yi e da capital Kunming sofreram as conseqüências das chuvas torrenciais que castigaram a região durante o fim de semana e pela qual ainda permanecem desaparecidas outras 41 pessoas.

Os primeiros números oficiais falam de mil casas destruídas e outros 2,3 mil afetados pelo temporal. As autoridades locais enviaram cobertores e tendas para os desabrigados.

Os deslizamentos de terra afetaram mais de 10,6 mil hectares de terrenos cultivados e também o fornecimento de energia, telefonia e transporte.

Aproximadamente 25 mil pessoas em Chuxiong foram retiradas do local e cinco equipes de resgate ajudam os desabrigados, junto com cerca de 150 soldados, que continuam à procura dos desaparecidos.

As previsões indicam que as chuvas continuarão castigando as áreas afetadas por mais um ou dois dias, dificultando os trabalhos de resgate.

Leia mais sobre: desmoronamentos

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG