Sobe para 22 os mortos pelas chuvas na Guatemala

Avalanche de terra em estrada deixou pelo menos 40 soterrados. Testemunhas dizem que número pode passar de 100

EFE |

Equipes de resgate da Guatemala procuram neste domingo dezenas de pessoas que foram soterradas ontem à noite em um desmoronamento de terra, lodo e rocha que caiu sobre uma estrada no oeste do país, enquanto as autoridades contabilizam em 22 os mortos em outros acidentes causados pelas chuvas.

A Coordenadora Nacional para a Redução dos Desastres (Conred) assinalou em seu último informe oficial que ao menos 40 pessoas teriam ficado soterradas por uma imensa avalanche no quilômetro 171 da estrada interamericana, na localidade do Alasca, no departamento de Totonicapán. As equipes de resgate e testemunhas afirmam que os soterrados poderiam superar os 100

AP
Deslizamento de terra em estrada que deixou pelo menos 40 pessoas soterradas na Guatemala
.

Conred detalhou que o deslizamento caiu sobre cinco automóveis e um ônibus que passava pelo local e os arrastou em direção a um barranco com 300 metros de profundidade.

Dezenas de habitantes das comunidades vizinhas ficaram soterradas quando um segundo deslizamento surpreendeu os que apoiavam as equipes de resgate das vítimas.

Um porta-voz dos bombeiros voluntários disse à imprensa que 15 pessoas foram resgatadas com vida e levadas para os centros médicos próximos.

Especialistas em busca de vítimas da unidade humanitária e de resgate do Exército e das equipes de resposta imediata da Conred se uniram aos mais de 150 socorristas.

Segundo as informações da Conred, as chuvas que atingem a região desde quinta-feira já mataram 22 pessoas em diferentes acidentes associados às chuvas.

Desde o início das chuvas, mais 30 deslizamentos de terras já ocorreram no país. As autoridades levaram para locais seguros 4 mil pessoas e calculam em 24,1 mil os que estão em áreas alugadas.

O presidente da Guatemala, Álvaro Colom, declarou ontem "emergência nacional" e calculou os danos em infraestrutura entre US$ 375 milhões e US$ 500 milhões.

    Leia tudo sobre: guatemalachuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG