Sobe para 21 o número de mortos por incêndio em abrigo na Polônia

Varsóvia, 13 abr (EFE).- Pelo menos 21 pessoas morreram num incêndio registrado na madrugada desta segunda-feira num abrigo social de Kamien Pomorski, no noroeste da Polônia, informou o porta-voz do Corpo de Bombeiros, Pawel Fratczak.

EFE |

O fogo começou de madrugada e, devido à estrutura de madeira das instalações, se espalhou rapidamente pelos três andares do edifício.

Na hora, 77 pessoas dormiam no local, muitas delas de origem ucraniana e bielo-russa.

"Tudo aconteceu muito rápido, num segundo. Só conseguíamos escapar pelas janelas", disse à emissora "TVN24" um dos acolhidos pelo abrigo, segundo quem era impossível chegar às escadas do prédio para fugir das chamas.

Apesar de a causa do incêndio ainda estar sendo investigada, tudo indica que um cigarro mal apagado pode ter provocado a tragédia.

No hospital de Kamien Pomorski, há 20 pessoas internadas, a maioria por inalação de fumaça. Mas dois dos hospitalizados têm queimaduras em grande parte do corpo, entre eles um bebê de oito meses.

O presidente da Polônia, Lech Kaczynski, decretou luto em todo o país, ao passo que o primeiro-ministro Donald Tusk viajou para o local dos fatos.

A Promotoria também acompanha o caso, que já está sendo investigado. EFE nt/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG