Sobe para 18 casos de gripe confirmados na China

Xangai (China) - O Ministério da Saúde chinês confirmou que já são 18 os doentes de gripe suína confirmados com o caso de um operário que chegou no sábado a Xangai procedente da Austrália e um estudante da província de Zhejiang, também no leste do país, que voltou à China na sexta-feira em um voo dos Estados Unidos.

EFE |

O operário, de 30 anos, que viajou da Austrália é o primeiro caso confirmado no gigante asiático que não provém da América do Norte.

Este afetado, que se encontra em Xangai, aterrissou na China há dois dias já com sintomas da gripe, como tosse e febre, quando chegou ao aeroporto internacional de Pudong (Xangai), por isso que as autoridades de saúde o puseram em quarentena, segundo informou a agência oficial de notícias "Xinhua".

O estudante afetado em Zhejiang é um jovem de 19 anos, aluno da universidade de St. John em Nova York, e os testes para gripe realizados no rapaz no Centro de Prevenção e Controle de Doenças da cidade de Wenzhou deram positivo.

Dos 18 casos confirmados na China, cinco deles estão em Pequim, e os demais são um em Sichuan (centro), um em Shandong (nordeste), um em Cantão (sul), outro em Fujian (leste), e os que se confirmaram hoje em Xangai e em Wenzhou (Zhejiang, leste), que se somam a outros sete mais contabilizados em Hong Kong.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

Leia também:



Entenda a "gripe suína"


Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG