Sobe para 157 o número de mortos em avalanches no Afeganistão

Pelo menos 157 pessoas morreram depois que várias avalanches soterraram veículos que, na segunda-feira, passavam próximo a uma montanha no norte do Afeganistão, informou nesta quarta-feira o governo do país.

EFE |

Até agora, as equipes de resgate recolheram 157 corpos sob a massa de neve que soterrou a passagem setentrional de Salang, a principal via que liga Cabul às províncias do norte, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Zemarai Bashari, citado pela agência "AIP".

AP
Membros do Exército carregam corpo de vítima da avalanche

Membros do Exército carregam corpo de vítima da avalanche

Na terça-feira, o governo disse que 1,5 mil viajantes que tinham ficado presos na noite de segunda-feira quando transitavam pela passagem da montanha de Salang, na Província de Baghlan (norte), já haviam sido transferidos para áreas mais seguras pelas equipes de salvamento, formadas por 600 homens.

O governo afegão enviou na segunda-feira cerca de 100 soldados à região, ao norte de Cabul, para que ajudassem nos trabalhos de resgate.

De acordo com o Ministério da Defesa, os soldados continuam trabalhando para liberar as pessoas que ficaram presas na neve ou no interior de seus carros.

AP
Afegãos caminham em direção a restaurante depois de serem retirados de área atingida

Afegãos vão a restaurante após ser retirados de área atingida


Já o presidente afegão, Hamid Karzai, expressou suas condolências às famílias das vítimas e disse ter tomado conhecimento de que "centenas" de pessoas ficaram presas na neve, segundo um comunicado do gabinete presidencial.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG