Sobe para 155 o número de mortos em incêndio em clube russo

MOSCOU - O número de mortos no incêndio ocorrido em 5 de dezembro em um clube noturno da cidade russa de Perm subiu para 155 pessoas, informou hoje o Departamento de Emergência da localidade, situada na zona dos Urais.

EFE |

A mais recente vítima fatal é um homem de 37 anos que estava internado em Moscou, segundo a agência russa "RIA Novosti".

Em diversas clínicas de Moscou, São Petersburgo, Perm e Cheliabinsk, ainda permanecem hospitalizadas 59 pessoas que sofreram queimaduras ou foram intoxicadas no acidente.

Segundo as investigações preliminares, o incêndio foi provocado pelo uso de fogos de artifício no clube noturno, que realizava uma festa por causa do oitavo aniversário de sua inauguração.

O inspetor-chefe do serviço de segurança e prevenção de incêndios da região de Perm, Vladimir Mukhutdinov, foi acusado de negligência e poderia ser condenado a vários anos de prisão.

Outros dois funcionários do serviço responsável por supervisionar o cumprimento das normas de segurança e de prevenção de incêndios já foram processados por negligência.

Além disso, a gerente-executiva do clube, seu diretor artístico, um dos proprietários e o diretor da companhia que instalou os fogos de artifício estão em prisão preventiva.

    Leia tudo sobre: rússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG