Sobe para 143 o número de mortos nos ataques terroristas de Mumbai

Mumbai (Índia), 28 nov (EFE).- As forças de segurança indianas continuam realizando uma operação no hotel Taj Mahal, em Mumbai, um dos pontos atingidos pela série de operações terroristas que começaram na quarta-feira e que já deixaram 143 mortos, entre eles pelo menos oito estrangeiros.

EFE |

Embora a Polícia afirme que já saíram vivos todos os reféns que estavam no Taj Mahal e nos outros dois "epicentros" dos ataques, o hotel Oberoi e um centro de orações judaico, durante as últimas horas foram registrados disparos e explosões no Taj.

Um alto comando militar responsável de coordenar as operações, o general Thamburaj, disse à imprensa que pelo menos um terrorista continua no interior do Taj.

No entanto, a operação mais espetacular de hoje ocorreu no centro de orações de Nariman House, onde cerca de 12 comandos indianos foram de manhã até o telhado do edifício em dois helicópteros, enquanto cerca de 100 membros das forças de segurança cercavam o edifício.

As forças indianas encontraram os cadáveres de cinco reféns no interior do recinto, onde mataram dois terroristas.

No hotel Oberoi, onde as operações terminaram e todas as pessoas que estavam retidas saíram, os comandos encontraram 24 cadáveres, segundo uma fonte policial citada pela agência "Ians". EFE amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG