Sobe para 14 o número de mortos em incêndio em discoteca em Quito

Quito, 21 abr (EFE).- O número de mortos no incêndio registrado em uma discoteca de Quito no sábado passado aumentou para 14, com a morte de uma pessoa que estava internada com ferimentos graves, informou hoje à Agência Efe um membro do Corpo de Bombeiros.

EFE |

Até agora, apenas duas vítimas fatais não foram identificados.

O número de mortos pode aumentar, pois, segundo fontes municipais, uma pessoa está desaparecida desde o incêndio e alguns dos 34 feridos se encontram em estado grave.

O fogo começou em meio a um show, após um petardo atingir material inflamável que fazia parte do teto do local, que não tinha autorização para realizar apresentações ao vivo.

Pelo menos 34 pessoas sofreram ferimentos.

A vereadora de Quito Margarita Carranco disse à imprensa local que já começaram as investigações da Procuradoria e do município para determinar os culpados e executar as devidas sanções.

Carranco disse que estão detidos para investigações o gerente da discoteca Factory, onde aconteceu o incêndio, o representante de segurança e um dos organizadores do show. EFE jc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG