Sobe para 13 o número de pacientes com gripe na Colômbia

Bogotá, 25 mai (EFE).- O Instituto Nacional de Saúde (INS) da Colômbia confirmou hoje um novo caso de gripe suína, e com isso o número de infectados com o vírus A (H1N1) subiu para 13 no país.

EFE |

O novo paciente é "um adulto de Bogotá que teve contato esporádico com um sintomático respiratório e iniciou sintomas de infecção respiratória leve em 8 de maio", afirma um comunicado do Ministério da Proteção Social colombiano, divulgado hoje.

O paciente "evoluiu satisfatoriamente, recebeu o tratamento correspondente em casa com recomendações de isolamento voluntário, proteção pessoal (máscara cirúrgicas), medidas de biossegurança individuais e familiares, e não precisou de hospitalização", acrescentou o relatório.

O paciente, já completamente recuperado, reintegrou-se a suas atividades trabalhistas desde 18 de maio, acrescentou o ministério.

Na época, foram registrados sete casos "importados" relacionados a viagens ao exterior, e os outros são autóctones.

Além disso, o INS descartou um caso provável que estava em estudo e afirmou que, de 263 casos suspeitos, 13 foram confirmados, após o primeiro, revelado em 3 de maio, e que era de um paciente da localidade de Zipaquirá que tinha retornado dias antes do balneário mexicano de Cancún.

Desde esse dia, as autoridades sanitárias colombianas lançaram um alerta e exercem estrita vigilância epidemiológica para evitar que a gripe suína se propague.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE rrm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG