Sobe para 13 o número de mortos em atentado suicida no Afeganistão

(atualiza número de mortos e feridos e acrescenta outros detalhes) Cabul, 1º abr (EFE).- Pelo menos sete civis e seis policiais morreram e outras 14 pessoas ficaram feridas hoje em um ataque suicida contra um prédio oficial na província de Kandahar, no sul do Afeganistão, segundo um comunicado do gabinete do presidente afegão, Hamid Karzai.

EFE |

O atentado aconteceu às 11h locais (3h30 de Brasília), quando quatro rebeldes entraram no prédio do Conselho Provincial da capital regional de Kandahar, como informou à Agência Efe o porta-voz do Ministério do Interior afegão, Zemarai Bashary.

Os quatro insurgentes começaram a atirar contra os civis que estavam no prédio e, em seguida, dois deles explodiram bombas que carregavam junto ao corpo. Os outros dois foram mortos pela Polícia.

Em declarações à Efe, um porta-voz dos talibãs, Mohamad Yousef Ahmadi, reivindicou a autoria do ataque, mas não quantificou o número de mortos.

O chefe do Conselho Provincial de Kandahar, Wali Karzai - que é irmão do presidente afegão - assegurou à imprensa que o atentado era contra ele.

Wali Karzai estava fora do prédio no momento do ataque.

O ataque de hoje tem semelhanças com outro atentado registrado há dois dias na província de Kandahar, quando outro terrorista suicida detonou uma carga de explosivos em um quartel da Polícia e matou oito pessoas, cinco delas civis.

Kandahar e a província vizinha de Helmand são dois dos principais redutos dos insurgentes talibãs. Tanto atentados suicidas, quanto ofensivas militares lançadas pelas tropas afegãs e internacionais desdobradas no país são comuns na região.

Na sexta-feira, o presidente americano, Barack Obama, anunciou sua nova estratégia para o Afeganistão, que inclui o envio adicional de 4 mil soldados, com o objetivo de garantir a segurança e derrotar a rede terrorista Al Qaeda no país asiático. EFE lo-daa-amp/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG