Sobe para 13 número de mortos em atentado no Paquistão

(atualiza com número de mortes e outros detalhes). Islamabad, 13 mar (EFE).- Chegou a 13 o número de mortos no atentado suicida deste sábado, que deixou ainda dezenas de feridos, contra um posto de controle da Polícia no vale de Swat, no noroeste do Paquistão, informou uma fonte oficial.

EFE |

Contando o duplo atentado suicida de ontem na cidade de Lahore, no leste do país, que deixou outras 58 mortes segundo uma fonte policial consultada hoje pela Agência Efe, o número de vítimas mortais em ataques terroristas nos últimos dois dias se situa em 71.

O ataque aconteceu por volta das 8h45 locais (0h45 em Brasília), junto a um tribunal da cidade de Mingora, a maior do distrito de Swat, segundo a fonte, citada pela "Dawn TV".

De acordo com a versão divulgada pela imprensa local, o suicida fez com que o mini-riquixá com 14 quilos de explosivos que dirigia se chocasse contra o posto de controle policial.

As forças de segurança isolaram a zona e impuseram um toque de recolher temporário, enquanto o comércio fechou suas portas após o ataque, segundo o canal "Geo TV". Entre as vítimas há policiais, agentes de outros corpos de segurança e civis.

O Exército iniciou no final de abril de 2009 uma grande operação em Swat e outros distritos próximos contra a insurgência talibã, que tomou controle de várias partes do vale.

A ofensiva forçou o êxodo de quase três milhões de civis, mas a maioria retornou ao local nos últimos meses.

Embora os combates entre militares e fundamentalistas sejam esporádicos e em áreas isoladas dos núcleos urbanos de Swat, no vale ainda há um grande número de tropas e ocasionalmente são registrados fatos violentos como o de hoje.

As forças de segurança paquistanesas também têm frentes abertas contra a insurgência em outros pontos do noroeste e em várias áreas do cinto tribal fronteiriço com o Afeganistão.

Os fundamentalistas respondem com sucessivas ondas terroristas tanto no noroeste como nas grandes cidades paquistanesas, como o duplo atentado suicida seguido de uma série de explosões que ontem causaram a morte de mais de 40 pessoas na cidade de Lahore, no leste do país. EFE igb/fm/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG