Sobe para 115 o número de trabalhadores resgatados de mina alagada na China

Pelo menos 115 mineiros foram retirados com vida de uma mina de carvão alagada no norte da China, em uma operação que as autoridades comemoraram como um milagre.

Reuters |

Os mineiros passaram uma semana presos no poço, alimentando-se de cascas de árvores. A inundação na mina de Wangjialing , na província de Shanxi, começou no dia 28 de março, domingo retrasado, quando havia 153 pessoas no local.

Os sobreviventes foram retirados entre a noite de domingo e durante toda a segunda-feira (hora local), mas ainda há 38 mineiros desaparecidos. Os sobreviventes estariam em condição estável.


Chineses aplaudem retirada de mineiros dos escombros / AP

Os mineradores foram retirados em macas, sob aplausos e gritos das equipes de resgate que trabalharam incansavelmente, dia e noite, ao longo da última semana. Havia uma fila de ambulâncias para levar os mineiros para hospitais.

"É um milagre", disse Luo Lin, diretor da Administração Estatal da Segurança do Trabalho, à agência estatal de notícias Xinhua, enquanto esperava na boca do poço. "Os mineiros presos ficaram determinados lá embaixo, atravessando oito dias e oito noites para viverem", dise.

Os sobreviventes foram içados de uma plataforma de trabalho, onde equipes de resgate haviam perfurado um buraco vertical na semana passada. Esse buraco permitiu a entrada de ar no poço, e as equipes também o usaram para enviar glicose.

Os operários também sobreviveram comendo a casca de toras de pinho usadas na construção de minas, segundo a TV local.

Essa foi uma rara boa notícia no setor chinês da mineração de carvão, o mais perigoso no mundo. Milhares de operários morrem todos os anos em inundações, explosões, desabamentos e outros acidentes.

Os mineiros se arriscam por causa de salários muito superiores aos de outros empregos acessíveis para proletários e migrantes rurais.

Leia mais sobre China

    Leia tudo sobre: china

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG