Sobe para 10 o número de pessoas com gripe na Alemanha

Berlim, 7 mai (EFE).- O número de pessoas infectadas pela gripe suína na Alemanha subiu hoje para dez, depois que as autoridades sanitárias do estado federado da Saxônia-Anhalt confirmaram um novo caso.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

O Ministério da Saúde regional, com sede em Magdeburgo informou que o paciente, o segundo com gripe suína detectado nesse estado federado alemão, é um homem residente em Wittenberg que chegou há poucos dias do México.

O paciente, que permaneceu em casa por recomendação médica, já mostra sinais de melhora.

Até agora, todos os casos confirmados na Alemanha evoluíram positivamente, de modo que vários deles receberam alta, constatou o Instituto Robert Koch de Berlim, que centraliza os exames de todo o país.

Até agora, cinco casos foram registrados no estado da Baviera e o resto em Brandeburgo, Saxônia-Anhalt e Hamburgo.

Entre os contágios revelados, houve dois na Baviera que aconteceram de pessoa a pessoa, em uma enfermeira que tinha tratado um paciente com o vírus e um homem que dividiu o quarto com este.

Segundo os números mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS), 1,893 mil pessoas em 23 países foram infectadas com o vírus A (H1N1) e os países mais afetados são, nesta ordem, México, Estados Unidos e Canadá. EFE nvm-gc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG