Bagdá, 4 mar (EFE).- Subiu para pelo menos dez o números de mortes em atentados hoje no Iraque, depois que o Ministério do Interior confirmou mais quatro mortos e 21 feridos, em Bagdá e no norte do país.

Dois policiais foram mortos e 15 pessoas ficaram feridas na explosão de um carro-bomba em um posto de controle de Mossul, cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá.

Em Bagdá, uma mulher morreu e duas pessoas ficaram feridas na explosão de uma bomba em um ferro-velho.

Além disso, um civil morreu e outros quatro sofreram ferimentos ao serem baleados por um grupo de homens em Al Sauamera, a cerca de três quilômetros de Baquba, capital da província de Diyala, ao nordeste de Bagdá.

Antes disso, já haviam sido confirmadas as mortes de dois policiais em um atentado suicida em Bagdá e de um chefe tribal, a mulher dele e dois parentes em Salah ad-Din, a 80 quilômetros ao norte da capital.

A Polícia iraquiana também encontrou, dentro de uma vala em Ban Saad, a 17 quilômetros de Baquba, os restos mortais de cinco pessoas, que estimam que tenham sido assassinadas há um ano e meio.

EFE am/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.