Sobe para 10 número de mortos em ataque contra veículo policial no Paquistão

(aumenta o número de vítimas, destaca que três delas eram crianças e dá mais detalhes) Islamabad, 9 out (EFE).- Pelo menos dez pessoas morreram, entre elas três crianças, e outras 15 ficaram feridas hoje após a explosão de uma bomba durante a passagem de um carro da Polícia no noroeste do Paquistão, informou a agência estatal APP.

EFE |

Segundo o oficial de segurança Nadir Khan, citado pela "APP", a bomba foi ativada por controle remoto durante a passagem do comboio policial, que levava prisioneiros pela área de Kwago Obbo, em Dir, na Província da Fronteira do Noroeste (NWFP, em inglês).

O veículo policial ficou completamente destruído no ataque, que matou três policiais, três prisioneiros e o motorista.

Um ônibus escolar que circulava próximo ao local da explosão também foi atingido. Algumas crianças que estavam no veículo ficaram feridas e três delas morreram pouco depois, já no hospital.

A detonação foi ouvida a uma distância de dois quilômetros.

Dir faz divisa com a região tribal de Bajaur e situada na fronteira com o Afeganistão. Há dois meses, o local é palco de uma operação do Exército, que até agora fez mais de mil insurgentes mortos.

Em outro atentado contra as forças da ordem nesta quinta, um carro-bomba dirigido por um suicida explodiu próximo do edifício da brigada antiterrorista de um grande complexo policial situado nas proximidades de Islamabad. O local acabou parcialmente destruído.

Por enquanto, as autoridades confirmaram que dez pessoas - em sua maioria policiais - ficaram feridas, mas que não houve vítimas mortais.

A NWFP e as áreas tribais fronteiriças com o Afeganistão são palco de constantes episódios de violência, mas nas últimas semanas uma série de atentados atingiu diversos pontos do país. EFE igb/ev/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG