Sobe a 48 o número de mortos em desabamento de ponte na Índia

Nova Délhi, 8 jan (EFE).- O número de trabalhadores que morreram por causa do desmoronamento de uma ponte em construção há duas semanas no estado indiano do Rajastão subiu para 48, informou hoje uma fonte oficial.

EFE |

O chefe do distrito de Kota, onde aconteceu o acidente, T.

Ravikant, citado pela agência "PTI", explicou que as equipes de resgate resgataram ontem o cadáver do último operário que ainda estava desaparecido, e situou em 48 o número de vítimas fatais.

No último dia 24, uma ponte que está sendo construída sobre o Rio Chambal, na estrada que liga os municípios de Kota e Udaipur, desabou quando cerca de 100 pessoas estavam trabalhando no local do acidente.

Muitos dos empregados nas tarefas de construção ficaram presos sob os escombros da ponte, enquanto 12 pessoas permanecem hospitalizadas devido aos ferimentos.

Os trabalhos de resgate, que duraram duas semanas, tiveram a participação de 200 trabalhadores e outros 200 agentes policiais, membros do Exército, especialistas em gestão de desastres e mergulhadores.

Após o desabamento, as autoridades detiveram dois responsáveis das empresas encarregadas do projeto, a Hyundai Engenharia e a Gammon India, que foram colocados à disposição judicial. EFE mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG