Sobe a 15 número de mortos pela gripe no Uruguai

(atualiza com número de mortes). Montevidéu, 14 jul (EFE).- O Ministério da Saúde do Uruguai elevou hoje a 15 o número de mortes confirmadas pela gripe suína no país e anunciou o primeiro caso do vírus detectado em uma prisão.

EFE |

A pessoa infectada é uma mulher grávida que está reclusa em uma prisão de Montevidéu.

A ministra da Saúde do Uruguai, María Julia Muñoz confirmou que o número de infectados pela doença é maior do que há oficialmente registrado.

O laboratório suíço Roche informou que hoje mesmo se completará a distribuição em todo Uruguai das doses de Tamiflu que chegaram nas últimas horas ao país e que foi solicitada depois que as reservas do país se esgotaram.

Segundo o Governo uruguaio, a gripe pode ter atingido milhares de pessoas no país, apesar de frisar que a gravidade de sua incidência não é tão grande a ponto de se tomar medidas especiais para combatê-la.

Assim, a ministra da Saúde rejeitou durante o fim de semana estender as férias escolares e cancelar eventos públicos pela doença, e acusou a oposição de ter fins "políticos" por impulsionar tais medidas.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE amr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG