Rio de Janeiro, 24 dez (EFE).- O número de mortos no naufrágio da última segunda-feira no rio Amazonas subiu para 13, depois que as equipes de busca encontraram hoje os corpos de duas mulheres ainda não identificadas.

Os corpos foram localizados pelos 13 mergulhadores do Corpo de Bombeiros do Pará que trabalham nas tarefas de busca de desaparecidos, cujo número agora se estima em quatro.

O barco Almirante Barroso, dedicado ao transporte de passageiros entre municípios no rio Amazonas, naufragou na noite de segunda-feira após se chocar com um banco de areia perto de Monte Alegre, no Pará.

Pelo menos 113 pessoas viajavam na embarcação. Delas, 96 foram resgatadas com vida, segundo o último boletim dos bombeiros.

O Almirante Barroso tinha partido da cidade de Monte Dourado e, após fazer escalas em Almerim e Prainha, tinha Monte Alegre como destino final.

O número de vítimas pode aumentar. Alguns sobreviventes contaram que no barco, com capacidade para 100 passageiros, viajavam cerca de 150.

A Capitania dos Portos do Pará abriu uma investigação para estabelecer as causas do acidente e verificar se a embarcação realmente viajava com um número de passageiros superior a sua capacidade.

A Polícia já deteve o capitão da embarcação, que foi acusado de homicídio culposo. EFE cm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.