Sob pressão, Gordon Brown nega intimidação de assessores

Por Estelle Shirbon LONDRES (Reuters) - O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, afirmou que as acusações publicadas por um jornal de domingo de que ele intimidaria seus assessores próximos com insultos e ameaças físicas são infundadas e maliciosas.

Reuters |

As alegações, contidas em trechos de um novo livro, publicados pelo Observer, coloca o caráter de Brown no centro do debate político da Grã-Bretanha, durante a campanha para as eleições de junho, cujas pesquisas apontam a derrota do Partido Trabalhista de Brown.

"Essas alegações maliciosas são totalmente sem fundamento e nunca foram expostas ao governo", afirmou um comunicado do gabinete do primeiro-ministro.

A especulação sobre o comportamento de Brown em relação à sua equipe dominou o noticiário na manhã de domingo, ofuscando um importante discurso de campanha feito por ele no sábado, para tentar reconquistar os eleitores atraídos pela oposição conservadora.

As pesquisas de intenção de voto colocam os Conservadores à frente dos Trabalhistas, que estão no poder há 13 anos. No entanto, a diferença diminuiu nas últimas semanas, e Brown está tentando organizar sua reação. Mas a esperança de capturar a imaginação do público com suas promessas eleitorais foi frustrada pela publicação dos trechos do novo livro do analista político Andrew Rawnsley.

Entre outras alegações, Rawnsley escreveu que, durante crises de raiva, Brown gritou com seus funcionários, agarrou um assessor pelo colarinho, e esmurrou o banco de um carro, fazendo um assessor encolher com medo de ser atingido no rosto.

Brown não respondeu às alegações específicas de Rawnsley. Mas, pouco antes de os trechos serem publicados, ele apresentou sua defesa, dizendo que nunca havia agredido ninguém.

"Se eu fico com raiva, fico com raiva de mim mesmo," disse Brown no sábado em um entrevista ao Canal 4. "Eu não faço esse tipo de coisa," afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG