Situação do sistema de transportes começa a melhorar na Europa

Aeroporto londrino de Heathrow abre segunda pista e opera com 70% da capacidade; aeroporto de Frankfurt tende a se normalizar

iG São Paulo |

Operadores de companhias aéreas e das ferrovias obtiveram progressos nesta quarta-feira no embarque de passageiros que haviam sido impedidos de viajar depois que fortes nevascas atingiram a Europa, levando o sistema de transporte do continente ao caos.

O aeroporto londrino de Heathrow, o maior da Europa, abriu sua segunda pista na noite de terça-feira, atenuando a lotação nos terminais de aeroportos onde milhares de passageiros enfrentaram dias de atraso. Apesar disso, o aeroporto ainda está operando com apenas 70% de sua capacidade. Cerca de 400 voos foram cancelados e os viajantes são aconselhados a verificar com suas companhias se seus voos continuam programados.

Apesar disso, as autoridades do Heathrow pediram aos passageiros que entrem em contato com suas respectivas companhias aéreas antes de irem ao terminal aéreo, para confirmar seus voos. No sábado, o aeroporto se viu obrigado a fechar totalmente e funcionou sob condições mínimas nos três dias posteriores.

Um oficial no Aeroporto de Gatwick, também em Londres, alertou que nesta quarta-feira ainda haverá atrasos e cancelamentos por causa do impacto da neve. Os aeroportos britânicos de Edimburgo (Escócia) e Birmingham (centro da Inglaterra) também advertiram que haverá problemas.

A Direção Geral de Aviação Civil (DGAC) da França pediu às companhias aéreas que cancelem 15% de seus voos previstos para a noite desta quarta-feira no aeroporto de Roissy - Charles de Gaulle, além de 25% dos voos da quinta-feira, por causa da previsão de novas nevascas sobre Paris. As nevascas dos últimos dias afetaram gravemente o tráfego nos aeroportos de Roissy e Orly, obrigando milhares de passageiros a pernoitar nos terminais aéreos.

Problemas em outros aeroportos forçaram o cancelamento de 70 voos no Aeroporto de Frankfurt, Alemanha, que tem a intenção de operar 1,4 mil voos neste dia

Por volta de 600 passageiros pernoitaram nos beliches instalados nos terminais do aeroporto, o de maior tráfego aéreo da Europa continental. Apesar disso, a empresa Fraport, gerenciadora do aeroporto, considera que o tráfego aéreo tende a se normalizar se forem confirmadas as previsões meteorológicas mais amenas até quinta-feira. A situação nos demais aeroportos alemães é de normalidade.

Ferrovias e estradas

No transporte terrestre, a circulação de trens também tende à normalização na Alemanha. A companhia ferroviária estatal, Deutsche Bahn, estima que não haja nesta quarta-feira atrasos ou alterações como houve nos últimos dias.

A linha de ferro Eurostar, que liga Londres a Paris e Bruxelas, terá nesta quarta-feira um serviço quase normal, pois 43 dos 53 trens circularão, informou a companhia.

A neve causou inúmeros transtornos nos meios de transporte britânicos, inclusive o ferroviário e rodoviário, o que criou problemas para milhares de pessoas que nesta época do ano viajam para celebrar o Natal fora de casa.

Em algumas regiões da Inglaterra, os serviços ferroviários sofrem atrasos e alguns cancelamentos. Os responsáveis da rede rodoviária advertiram aos motoristas que viajem somente se for necessário, depois de muitos terem tido problemas para circular por causa da neve.

O Serviço Meteorológico informou que mais nevascas são esperadas no noroeste e leste da Inglaterra e no País de Gales.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: neveeuropacaos aéreoreino unidoalemanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG