Site oferece recompensa para quem conseguir prender Tony Blair

Londres, 27 jan (EFE).- O site www.

EFE |

arrestblair.org" oferece uma recompensa para quem conseguir colocar o ex-primeiro-ministro do Reino Unido Tony Blair atrás das grades por apoiar a operação militar contra o Iraque sem uma resolução específica do Conselho de Segurança da ONU.

Os criadores do site acusam Blair de "crimes contra a paz" e dizem que querem lembrar as pessoas de que "a justiça não foi feita".

"É preciso dizer a Blair que o assassinato em massa de pessoas causado pela guerra não foi esquecido", diz a página, que até a manhã de hoje já tinha arrecadado 9.432 libras entre os internautas e não divulgou cifras posteriormente.

Além disso, o site pretende "pressionar as autoridades britânicas, ou as dos países que Blair visitar, a detê-lo e julgá-lo por crimes contra a paz ou para que o levem ao Tribunal Penal Internacional".

George Monbiot, escritor e colunista do jornal "The Guardian" conhecido por seu ativismo político e ambiental, e o webdesigner David Thorpe asseguram no site que manterão o projeto enquanto Blair estiver vivo.

Além disso, incentivam a contribuição em dinheiro porque "quanto maior for a recompensa oferecida, mais gente ficará interessada em levar o ex-primeiro-ministro aos tribunais".

"Não importa que quem leve Blair à Justiça o faça só pelo dinheiro que oferecemos e não pelas pessoas que o ex-primeiro-ministro assassinou", dizem Monbiot e Thorpe.

Na próxima sexta-feira, Blair depõe na comissão independente que investiga a entrada do Reino Unido na guerra do Iraque em março de 2003. EFE cda/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG