Site de jornal das Malvinas é hackeado com mensagem de apoio à Argentina

O site do jornal Penguin News, o principal das ilhas Malvinas, foi atacado neste domingo por hackers, que colocaram a mensagem Aguante Argentina (Aguente Argentina, em tradução livre) acompanhada de uma imagem da bandeira do país.

EFE |

A mensagem de apoio à Argentina ficou visível na página do jornal durante boa parte da madrugada e foi retirada apenas nesta manhã.

A Assembleia Legislativa das ilhas Malvinas confirmou hoje que a plataforma britânica Ocean Guardian começará neste domingo a explorar petróleo no arquipélago, apesar da forte rejeição do governo da Argentina.

O apoio do Reino Unido à exploração, fortemente rejeitada pela Argentina, renovou o conflito entre os dois países.

O pano de fundo da polêmica é a discussão sobre a soberania das ilhas, que colocou Reino Unido e Argentina em guerra há 28 anos.

Apesar de sua derrota, os argentinos continuam reivindicando o território.

Leia mais sobre conflito nas Malvinas .

    Leia tudo sobre: argentinamalvinasreino unido

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG