Sistema de freios do MD-82 estava desativado

MADRI - Um dos sistemas do reverso do motor do avião MD-82 da Spanair que caiu no dia 20 de agosto em Madri, deixando 154morto, estava desativado, informa o jornal espanhol El País, que acrescenta que isto não impedia a aeronave de voar.

AFP |

O jornal cita fontes ligadas à companhia aérea, que afirmaram que o "reverso" do motor direito, sistema que inverte a expulsão de ar dos motores, contribuindo para frear um avião no pouso, havia sido desativado por um problema técnico anterior. Questionados pela AFP, porta-vozes da Spanair se recusaram a fazer comentários.

Segundo o "El País", um MD-82 pode voar alguns dias com apenas um "reverso", que não é o único sistema de freio de um avião. O jornal "ABC", que cita fontes ligadas à investigação judicial, informa que o MD-82 sofreu uma avaria no "reverso" do motor direito no dia 17 de agosto.

O MD-82 da Spanair com 172 pessoas a bordo acidentou-se semana passada enquanto decolava do aeroporto de Madri-Barajas, causando a morte de 154 pessoas e deixando 18 feridos.

Leia mais sobre: Espanha  - acidente de avião

    Leia tudo sobre: acidente na espanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG