Síria pede a países árabes que rejeitem mandado contra Bashir

DOHA (Reuters) - O presidente da Síria, Bashar al-Assad, conclamou os líderes árabes presentes em um encontro em Doha, na segunda-feira, a rejeitar um mandado internacional de prisão contra o presidente da Síria, Omar Hassan al-Bashir, relacionada ao conflito em Darfur. Falando na abertura da Cúpula Árabe, Assad disse também que a paz entre árabes e israelenses não poderia ser alcançada sem a boa vontade do Estado judeu.

Reuters |

"Israel matou a iniciativa, não a cúpula de Doha", disse ele, referindo-se a uma iniciativa árabe de 2002 de oferecer laços normais a Israel em troca de sua retirada das terras árabes tomadas em 1967.

Alguns líderes árabes em um encontro em Doha em janeiro defenderam a retirada da proposta por causa da ofensiva de Israel em Gaza.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG