Síria manifesta apoio para unir facções palestinas

DAMASCO - A Síria manifestou nesta quinta-feira seu apoio para resolver as divergências entre as facções palestinas Fatah e Hamas, segundo o chefe do escritório da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), Farouk Qadumi, em visita a Damasco.

EFE |

Em declarações aos jornalistas, Qadumi assinalou após uma reunião com o vice-presidente sírio, Farouk al Chara, que suas conversas "se centraram nos últimos eventos sobre os assuntos palestinos e no processo de paz".

"Eu gostaria agradecer à Síria sua postura de apoio ao povo palestino e sua causa legítima", assinalou Qadumi, que acrescentou ser necessário "pôr fim às disputas entre palestinos e ativar a OLP como o representante legítimo do povo palestino".

Por sua parte, Al Chara expressou "a disposição contínua da Síria a fazer o que seja para unir as fileiras palestinas a fim de assegurar seus direitos nacionais", segundo um comunicado oficial.

A disputa entre as facções palestinas começou em junho de 2007, quando o grupo xiita Hamas tomou pela força das armas com o controle da Faixa de Gaza, após expulsar às forças leais ao movimento sunita Fatah e ao presidente palestino, Mahmoud Abbas -membro deste último.

Qadumi fez estas declarações no dia seguinte ao chefe do escritório político do Hamas, Khaled Meshaal, manifestar em Damasco que a iniciativa egípcia para a reconciliação palestina precisa ser modificada para ser aceita como base para o diálogo.

"Embora o Hamas aceite a proposta, queremos que seja modificada", assinalou Meshaal, sem especificar que tipo de mudanças deseja.

O Egito lançou uma iniciativa que recolhe a formação de um novo Governo, a preparação de eleições, a reforma das Forças de Segurança e a reconstrução da OLP.

Também contempla a restauração da situação política em Gaza anterior à tomada deste território pela força pelo Hamas, em junho de 2007.

Está previsto que as facções palestinas se reúnam em 9 de novembro Cairo para iniciar um diálogo nacional, que unirá na mesa de negociação representantes do Fatah e do Hamas pela primeira vez desde junho de 2007.

    Leia tudo sobre: hamas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG