Síria diz que em Israel não há ninguém disposto a negociar paz

Yerevan (Armênia), 17 jun (EFE).- O presidente da Síria, Bashar al-Assad, afirmou hoje que no Governo de Israel não há ninguém disposto a negociar a paz no Oriente Médio.

EFE |

"Hoje, não há nenhum interlocutor israelense disposto a se sentar à mesa de negociações. A curto prazo, não há sinais de que aparecerá alguém. Mas isto não significa que a Síria suspenderá o processo de paz", disse Assad numa entrevista coletiva em Yerevan, a capital da Armênia.

Segundo o presidente sírio, a solução para o conflito na região depende de Israel negociar. Mas Assad acrescentou que a Síria "não ignora o problema palestino" e que a grave situação em Gaza complica todo o processo.

Há poucos dias, o Governo sírio criticou o último discurso do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, que disse que Israel só aceitará um Estado palestino "desmilitarizado" e que reconheça a Jerusalém como capital indivisível do país.

Segundo uma fonte oficial síria citada pela agência estatal "Sana", estas e outras condições anunciadas por Netanyahu são "uma rejeição clara" aos elementos que poderiam levar a paz ao Oriente Médio.

A fonte síria disse ainda que as condições impostas por Netanyahu refletem "atitudes racistas", esvaziam a paz de conteúdo e privam os palestinos de direitos, como o retorno dos refugiados. EFE at/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG