Síria confirma estabelecimento de relações diplomáticas com o Líbano

DAMASCO - O Governo sírio confirmou nesta terça-feira o estabelecimento de suas relações diplomáticas com o Líbano e a abertura de uma embaixada em Beirute, pela primeira vez desde a independência dos dois países há 60 anos, informou a agência oficial Sana.

Redação com agências internacionais |

O decreto foi assinado pelo presidente sírio, Bashar al-Assad, e "estipula o estabelecimento de relações diplomáticas entre a República Árabe Síria e a República Libanesa, a formação de uma missão diplomática em nível de embaixada na capital libanesa, Beirute", afirmou a Sana.

O texto não revela, porém, uma data precisa para a entrada em vigor da decisão depois de décadas de tutela síria no país vizinho.

A medida segue ao anúncio feito no dia 13 de agosto, que já incluía que os dois países tinham acordado estabelecer relações diplomáticas plenas, por causa da visita a Damasco do presidente do Líbano, Michel Suleiman.

Fim das tensões

O anúncio pôs fim a meses de tensões entre os dois Estados, já que Damasco impunha restrições para que as relações entre os países vizinhos fosse normalizada depois da retirada de suas tropas em 2005, após quase três décadas de presença.

Este passo poderia supor também mais um movimento em direção à pacificação da região, além de favorecer a normalização política no Líbano, onde a maioria parlamentar, apoiada pelo Ocidente e vários países árabes como a Arábia Saudita e Egito, mantém uma contínua queda-de-braço com a oposição, aliada da Síria e o Irã.

As tropas sírias chegaram ao Líbano em 1976, um ano depois do começo da guerra civil neste pequeno Estado do Mediterrâneo.

Após o final da disputa em 1990, o Exército sírio permaneceu no Líbano como uma força de dissuasão, de acordo com a Liga Árabe, que também estipulou sua retirada escalonada.

A Síria não abandonou o país até 29 anos após sua chegada, como conseqüência das pressões libanesas e internacionais geradas após o assassinato em março de 2005 do ex-primeiro-ministro libanês Rafik Hariri.

Leia mais sobre Síria - Líbano

    Leia tudo sobre: líbanosíria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG