crimes de guerra em Gaza - Mundo - iG" /

Síria acusa Israel de crimes de guerra em Gaza

O ministro sírio das Relações Exteriores, Walid Muallem, acusou neste domingo Israel de cometer crimes de guerra em sua ofensiva na Faixa de Gaza contra o movimento radical palestino Hamas.

AFP |

"Israel comete crimes de guerra (...) matando mulheres e crianças, socorristas, jornalistas, e utilizando bombas de fósforo branco", disse Muallem em entrevista coletiva.

O chanceler criticou o Conselho de Segurança das Nações Unidas, que adotou na quinta-feira a resolução 1860, pedindo um cessar-fogo imediato em Gaza.

"O Conselho de Segurança deveria ter adotado uma resolução vinculante sobre um cessar-fogo, em virtude do capítulo VII, e mencionar os crimes de guerra cometidos" por Israel.

O ministro "estranhou" o fato de o Conselho de Segurança "não formar uma comissão de investigação independente" sobre estes "crimes".

O capítulo VII da Carta da ONU concede ao Conselho de Segurança um amplo leque de meios, inclusive militares, em caso de ameaça à paz.

Apesar da resolução 1860, Israel decidiu prosseguir com sua operação militar contra Gaza.

Segundo os serviços de emergência palestinos, mais de 900 pessoas, incluindo 275 crianças, já morreram nos ataques de Israel à Faixa de Gaza desde o início da ofensiva, em 27 de dezembro passado.

rm/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG