Sinopse da imprensa: McCain quer se aproximar do Brasil

BOSTON - O candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, John McCain, promete o fim da sobretaxa ao etanol brasileiro e propõe que o Brasil entre no Conselho de Segurança das Nações Unidas e no G-8. As informações são do jornal Estado de S.Paulo, que acompanhou o candidato em campanha por Nova York, Boston, Filadélfia e Washington.

Redação |

De acordo com a reportagem publicada neste domingo, McCain tem mais ligações com o Brasil do que os brasileiros acreditam. Ele utiliza um jatinho Embraer 190, da Jet Blue, e já esteve várias vezes no Rio de Janeiro na década de 50, quando namorou uma modelo carioca chamada "Maria, que morava perto do Pão de Açúcar", segundo um assessor.

McCain elogia o País por sua política de energia limpa. "Está errado impor uma tarifa de US$ 0,54 por galão de etanol de cana brasileiro, que é muito mais eficiente do que o etanol de milho", opina. Já o candidato democrata Barack Obama não pretende acabar com a tarifa nem com o subsídio.

Além do setor energético, McCain prega uma aliança com o Brasil na chamada "liga das democracias", de acordo com o Estadão. Esta aliança seria uma união de países para se contrapor ao que chama de regimes autocráticos da China e Rússia.

    Leia tudo sobre: eleições euaeleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG