Sinagoga nos arredores de Paris é atacada com coquetel Molotov

PARIS - Um coquetel Molotov foi lançado no domingo à noite contra uma sinagoga da localidade de Saint-Denis, nos arredores de Paris, o que provocou um pequeno incêndio em um restaurante judeu vizinho, informaram hoje as autoridades.

EFE |

Os fatos ocorreram por volta das 22h30 de domingo, quando três indivíduos, segundo uma testemunha, lançaram a bomba contra a fachada do centro religioso judeu.

A sinagoga não foi atingida, mas o incêndio se estendeu para a fachada de um restaurante vizinho, o que provocou danos materiais.

Este é o segundo ato anti-semita registrado na França desde que começou a ofensiva israelense em Gaza, em 27 de dezembro.

Há uma semana, uma sinagoga de Toulouse, no sul do país, foi atacada por grupo de desconhecidos, que lançaram um veículo em chamas contra a entrada do edifício.

A ministra do Interior francesa, Michèle Alliot-Marie, enviou uma circular aos chefes de Governo em todos os departamentos para que intensifiquem a vigilância sobre este tipo de ataque anti-semita.

Em comunicado enviado ontem à noite, Alliot-Marie condenou o ataque contra a sinagoga de Saint-Denis "com a maior firmeza", e considerou o atentado um fato "covarde e inadmissível".

A secretária de Estado de Política Urbana, Fadela Amara, se reunirá hoje com diversas associações de direitos humanos para estudar o risco de proliferação de atos anti-semitas ligados à situação no Oriente Médio.

Leia mais sobre Paris

    Leia tudo sobre: paris

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG