Simetria do rosto pode indicar melhor genética, diz estudo

Londres, 7 mai (EFE) - Os homens e mulheres com traços e faces simétricas poderiam ter genes com melhor qualidade, segundo se depreende de um estudo publicado na revista científica de internet PLoS One e elaborado entre diversas universidades do Reino Unido.

EFE |

Os cientistas concluíram que a beleza e a atratividade de uma pessoa, avaliada pela simetria de seus traços, são a exigência visual que a biologia utiliza para indicar que homens e mulheres possuem genes de qualidade.

Deste modo, homens e mulheres querem que seus pares sejam bonitos e atraentes, pois, sem saber, seu instinto de conservação da espécie interpreta a beleza como um sinal de qualidade genética que será transferido à geração seguinte.

Para fazer a pesquisa, os especialistas utilizaram fotografias de europeus, de membros de uma das últimas tribos de caçadores, os Hadza da Tanzânia, assim como de macacos, e mediram as faces de todos eles.

Depois, foi pedido a um grupo de voluntários que julgassem a masculinidade dos rostos com traços mais e menos simétricos.

Eles descobriram que os homens com o rosto simétrico eram percebidos como tendo proporções faciais mais masculinas, e o mesmo ocorria no caso das mulheres.

Os pesquisadores concluem que, em geral, todas as culturas tendem a escolher pares com traços simétricos, e isso sugere que esses são indicativos de melhores genes e que o eleito será melhor companheiro. EFE ot/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG