O presidente israelense, Shimon Peres, se mostrou muito animado neste domingo com as declarações do rei Abdullah II da Jordânia e por sua referência à possibilidade de 57 países reconhecerem Israel no marco de uma paz entre os árabes e israelenses.

"Sua majestade o rei se referiu a 57 países envolvidos na paz (...), acredito que este posicionamento é muito animador e vem em bom momento", disse Peres, durante o Fórum Econômico Mundial.

O rei Abdullah disse sábado em entrevista à AFP que "57 países não reconhecem Israel, ou seja, a terça parte dos países miembros da ONU, e a razão é que a ocupação continua e falta um acordo de paz".

O rei pediu uma "retirada de todos os territórios ocupados palestino, sírio e libanês, em contrapartida de relações normais com todos os países árabes".

Peres indicou por sua vez que as divergências diminuíram entre os negociadores palestinos e israelenses e podem ser superadas forem acrescentadas algumas "ideias novas". Peres vai se encontrar com o rei Abdullah da Jordânia.

msh-rh/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.