Los Angeles (EUA), 29 set (EFE) - O jovem Shia LaBeouf se confirma como um ímã da bilheteria com o filme de ação e suspense Controle Absoluto, que ficou em primeiro lugar nos Estados Unidos com US$ 29,2 milhões, após protagonizar produções bem-sucedidas como Paranóia e Transformers. A fita representa o segundo sucesso consecutivo para a parceria formada por LaBeouf e o diretor D.J.

Caruso, que se reuniu pela primeira vez em "Paranóia".

Outra grande estréia da semana, a romântica "Noites de Tormenta", que reúne Richard Gere e Diane Lane pela terceira vez, após "Cotton Clube" e "Infidelidade", ficou em segundo lugar, com US$ 13,6 milhões.

Samuel L. Jackson e "O Vizinho" caíram para o terceiro lugar, com US$ 7 milhões, enquanto "Fireproof", um drama protagonizado por Kirk Cameron, ficou em quarto, com US$ 6,5 milhões, quase em publicidade.

Os irmãos Joel e Ethan Coen, com "Queime depois de ler", arrecadaram US$ 6,2 milhões, à frente do desenho animando "Igor", com US$ 5,5 milhões, e "As Duas Faces da Lei", com Robert De Niro e Al Pacino, que obteve US$ 3,803 milhões, valor muito próximo aos US$ 3,8 milhões da comédia "Amigos, Amigos, Mulheres à Parte".

A estréia do belga "Miracle at St. Anna", o novo trabalho do cineasta Spike Lee, ficou em nona colocação, com modestos US$ 3,5 milhões, enquanto "The Family that Preys", de Tyler Perry, fechou a lista dos dez filmes mais vistos da semana com US$ 3,2 milhões.

Dois longa-metragens independentes, "Choke", com Sam Rockwell, e "The Lucky Ones", com Tim Robbins, estrearam de forma restrita e alcançaram US$ 1,3 milhão e US$ 208 mil, respectivamente. EFE mg/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.