Shell anuncia suspensão de garantia de abastecimento de terminal nigeriano

A companhia de petróleo anglo-holandesa Shell declarou situação de força maior para o terminal de exportação de Forcados, sul da Nigéria, o que provoca a suspensão da garantía das entregas de junho e julho.

AFP |

"A SPDC JV (Shell Petroleum Development Company) declara estado de força maior no programa de entrega de Forcados para o restante do mês de junho e o mês de julho, a partir de 16 de junho", afirma um comunicado.

A empresa informou que a decisão foi tomada pelo atraso provocado pelos danos no maior oleoduto, o Trans-Escravos, que foi atacado em março por criminosos não identificados.

A cláusula de força maior permite à empresa suspender as obrigações contratuais, como a entrega de petróleo e gás, sem penalizações após acontecimentos imprevistos.

joa/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG