Seul suspeita de Pyongyang numa onda de ciberataques

A Coreia do Norte poderá estar por trás de uma série de ciberataques que visaram, na noite desta terça-feira, sites oficiais sul-coreanos, principalmente os da presidência e da Defesa, informou nesta quarta-feira a agência Yonhap, citando serviços secretos do Sul (NIS).

AFP |

Cerca de 25 sites foram alvo de ataques na noite de terça-feira, deixando-os fora de serviço por cerca de quatro horas, segundo a imprensa local.

O clima de tensão entre as duas Coreias ficou particularmente agudo depois que o regime norte-coreano realizou seu segundo teste nuclear no dia 25 de maio, condenado pela ONU, seguido, depois, do lançamento de uma série de mísseis de curto alcance e do anúncio de que estaria desvinculada do armistício de 1953 que pôs fim à guerra da Coreia.

sm/jah/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG