Seul reafirma envolvimento norte-coreano no afundamento do "Cheonan"

Ministério da Defesa sul-coreano deve revelar relatório completo da investigação internacional

EFE |

Seul - A Coreia do Sul reafirmou hoje a responsabilidade da Coreia do Norte no afundamento em março da embarcação sul-coreana "Cheonan", com a revelação do relatório completo da investigação internacional sobre o incidente.

Segundo o Ministério da Defesa sul-coreano, o relatório final acrescenta detalhes da investigação e mostra evidências conclusivas da autoria norte-coreana nesse fato, no qual morreram 46 marinheiros sul-coreanos. O regime comunista da Coreia do Norte negou em várias ocasiões sua responsabilidade nesse incidente.

Os novos detalhes divulgados hoje precisam dados do local da explosão e revelam conversas do capitão do "Cheonan", que sobreviveu ao acidente, com seus comandantes minutos depois do fato. Segundo o Ministério da Defesa sul-coreano, o relatório completo quer demonstrar à Coreia do Norte e à comunidade internacional que qualquer ataque secreto deixa provas.

Além disso, indicaram que o relatório servirá de "advertência severa" a Pyongyang para que não faça mais provocações. O Ministério sul-coreano se mostrou confiante em que o relatório sirva para conhecer corretamente a verdade do fato, em referência às vozes que na Coreia do Sul punham em dúvida as conclusões da investigação. Seul deve enviar este relatório para organizações internacionais, delegações diplomáticas e instituições acadêmicas, assim como permitir seu acesso através de internet em coreano e inglês.

    Leia tudo sobre: iGcoreia do nortecoreia do sulembarcação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG