Seul propõe a Pyongyang reunião para discutir parque industrial

Seul, 12 fev (EFE).- A Coreia do Sul propôs hoje a seus vizinhos do norte realizar uma reunião militar no próximo dia 23 de fevereiro para tentar melhorar o transporte e as comunicações no complexo industrial conjunto de Kaesong, em território norte-coreano, informou a agência sul-coreana Yonhap.

EFE |

Segundo o Ministério da Defesa sul-coreano, Seul propôs essa reunião na zona desmilitarizada de Panmunjom, para agilizar também o funcionamento da alfândega em Kaesong.

A Coreia do Norte propôs em janeiro uma reunião sobre estes assuntos, mas Seul preferiu adiar sua decisão.

Na semana passada, os países realizaram uma reunião de trabalho sobre Kaesong, onde trabalham mais de uma centena de empresas sul-coreanas, que empregam cerca de 40 mil operários norte-coreanos.

No entanto, o encontro terminou sem nenhum acordo, já que a Coreia do Norte insistia em tratar do aumento do salário de seus trabalhadores enquanto seu vizinho do sul queria tratar dos assuntos de transporte e comunicações.

A proposta sul-coreana de hoje chega em meio às mostras positivas de Pyongyang para retomar as negociações multilaterais sobre seu desarmamento nuclear, paralisadas em dezembro de 2008.

O negociador norte-coreano no diálogo nuclear, Kim Kye-gwan, está em Pequim para debater, entre outros temas, o reatamento da reunião de seis lados, da qual participam EUA, China, Japão, Rússia e as duas Coreias.

Além disso, o subsecretário-geral para Assuntos Políticos da ONU, Lynn Pascoe, chegou terça-feira a Pyongyang para falar sobre o desarmamento nuclear norte-coreano e a ajuda humanitária ao país comunista.

Segundo a agência estatal norte-coreana "KCNA", Pascoe, enviado especial do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se reuniu ontem com o segundo principal responsável pelo regime comunista de Pyongyang, Kim Yong-nam.

Nessa reunião, o emissário da ONU transmitiu uma "mensagem verbal pessoal" e um presente do secretário-geral da ONU ao líder norte-coreano, Kim Jong-il. O conteúdo da mensagem não foi revelado.

EFE ce/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG