Seul, 2 jan (EFE).- O presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, se mostrou hoje disposto a dialogar com a Coréia do Norte de forma flexível e tranqüila, durante seu discurso de ano novo transmitido pela televisão à nação.

"Estou disposto a dialogar com a Coréia do Norte a qualquer hora para cooperar como parceiro", apontou o líder, que pediu ao regime norte-coreano que adote uma postura de cooperação com a Coréia do Sul.

Lee se comprometeu a seguir trabalhando "com flexibilidade e calma" para caminhar em direção a uma "nova era de coexistência e prosperidade comum", mediante a superação dos confrontos.

As relações entre as duas Coréias sofreram um forte revés desde que Lee assumiu a Presidência sul-coreana em fevereiro de 2007, com uma política dura sobre o desarmamento nuclear norte-coreano.

Em seu discurso, o presidente ressaltou hoje, além disso, a importância de uma coordenação internacional para superar a crise econômica e se mostrou convencido de que os esforços permitirão uma melhora da situação a partir da segunda metade do ano.

"Vou usar todo meu esforço para que essa previsão positiva se transforme em realidade", ressaltou Lee. EFE ce/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.