Seul pede que Pyongyang ponha fim a ataques verbais

Seul, 2 abr (EFE).- O Ministério da Defesa sul-coreano pediu nesta quarta-feira que a Coréia do Norte ponha fim as suas hostilidades em direção ao Governo do conservador Lee Myung-bak, informou a agência local Yonhap.

EFE |

A reação sul-coreana acontece um dia depois de o regime comunista da Coréia do Norte chamar o presidente sul-coreano de "traidor" e de "adulador dos EUA", em resposta ao endurecimento de sua política em relação a Pyongyang.

Em sua primeira reação, o Ministério da Defesa da Coréia do Sul enviou uma mensagem por rádio ao representante norte-coreano nas negociações militares, o general Kim Yong-chol, na qual assinala que as mensagens oficiais sul-coreanas foram mal-interpretadas por Pyongyang.

"Nós mantemos nosso pacto de não agressão entre o sul e o norte e esta posição não vai mudar no futuro", indicou o representante sul-coreano nas negociações militares, o general Kwon Oh-sung.

Recentemente, a Coréia do Norte ameaçou paralisar o diálogo intercoreano por causa de um comentário do novo chefe do Estado-Maior Conjunto sul-coreano, Kim Tae-young.

Kim tinha dito que estaria disposto a atacar as instalações nucleares norte-coreanas se o regime comunista demonstrasse sua intenção de agredir o sul com suas armas nucleares.

Neste sentido, Seul expressou hoje seu "profundo pesar" pelo fato de a declaração ter sido "mal-interpretada" pelos norte-coreanos.

"Esta atitude de fomentar a tensão não ajudará a paz e a estabilidade na península", indicou o responsável do Ministério da Defesa, que exigiu a paralisação destas provocações.

Acrescentou que Seul sempre está disposta a dialogar com Pyongyang para diminuir a tensão e manter a paz na península.

Em resposta à política dura do presidente Lee, a Coréia do Norte expulsou recentemente os funcionários sul-coreanos que trabalham no complexo industrial da cidade norte-coreana de Kaesong, e lançou vários mísseis de curto alcance. EFE ce/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG