Seul, 27 mai (EFE).- O Governo sul-coreano não quis hoje comentar a ameaça norte-coreana de um possível ataque militar em resposta à decisão de Seul de participar plenamente na iniciativa dos Estados Unidos contra o tráfico de armas de destruição em massa (PSI, na sigla em inglês).

Um porta-voz do Ministério da Unificação sul-coreano disse à Agência Efe que o Governo analisa a declaração norte-coreana e que por enquanto não tem uma resposta oficial a respeito.

Hoje um porta-voz do Exército norte-coreano ameaçou com um possível ataque militar contra a Coreia do Sul no caso desse país inspecionar seus navios no Mar Ocidental (Mar Amarelo). EFE ce/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.