Seul anuncia fim da presença militar sul-coreana no Iraque

A Coréia do Sul encerrou oficialmente, nesta segunda-feira, a presença de quatro anos no Iraque e prevê a repatriação dos últimos soldados antes do Natal.

AFP |

O Estado-Maior sul-coreano anunciou que uma cerimônia na presença do comandante das tropas americanas no Iraque, general Raymond Odierno, será realizada na cidade iraquiana de Erbil para marcar o fim das operações sul-coreanas.

A retirada deve ser encerrada totalmente em 20 de dezembro.

A Coréia do Sul enviou 3.600 soldados ao Iraque em 2004. O mandato do contingente "Zaytun" foi prorrogado em quatro ocasiões, mas os oficiais foram reduzidos progressivamente até ficar em 650 homens.

O contingente enviado por Seul a Erbil, capital do Curdistão iraquiano, construiu 61 escolas, 87 instalações de irrigação e 15 postos de saúde, segundo o governo sul-coreano.

sm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG