ISLAMABAD- Pelo menos sete policiais morreram neste sábado e um número indeterminado ficou ferido por causa da explosão de uma bomba no Vale de Swat, no norte do Paquistão, onde o Exército lançou na segunda-feira passada uma operação na qual já morreram cerca de cem pessoas.

Segundo o canal privado "Geo TV", um grupo de insurgentes ativou por controle remoto uma bomba na passagem de uma patrulha policial na área de Kabal, na Província da Fronteira Noroeste.

Várias testemunhas, citadas pelo canal "Dawn", aumenta para oito o número de vítimas fatais.

Em outro incidente, na área de Matta Tehsil, uma mulher morreu e seus dois filhos ficaram feridos depois que uma bomba atingiu a casa onde moravam.

Além disso, talibãs seqüestraram um ex-vereador de uma pequena localidade do Vale de Swat e explodiram parte de uma ponte.

O toque de recolher continua imposto na maior parte do Vale de Swat, onde continua a operação de rastreamento para capturar rebeldes.

Leia mais sobre: atentados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.