Cabul, 14 set (EFE).- Pelo menos sete policiais morreram depois que sua patrulha foi atacada por um grupo de supostos talibãs na província afegã de Ghazni, no leste do país, informou hoje à Agência Efe uma fonte oficial.

O porta-voz do governador provincial, Ismail Jahangir, explicou que os agentes sofreram uma emboscada por parte de um grupo de insurgentes ontem no distrito de Zana Khan.

Jahangir, que não forneceu mais detalhes do sucedido, acrescentou que os sete policiais que faziam parte da patrulha perderam a vida.

Também ontem, o governador da província oriental de Logar, Abdullah Wardak, morreu quando uma bomba explodiu à passagem do veículo no qual viajava na província de Cabul.

Um porta-voz da insurgência talibã se atribuiu a responsabilidade pelo ataque, no qual também morreram dois dos guarda-costas do governador e seu motorista.

Neste ano, mais de 3.000 pessoas morreram por causa da violência no Afeganistão, tanto em combates entre as forças estrangeiras e os insurgentes como em bombardeios e atentados. EFE lo-mb/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.