Sete das 12 suspeitas da gripe são descartadas na África

Adis-Abeba, 7 maio (EFE).- Sete dos 12 casos suspeitos de gripe suína detectados na África já foram descartados e as autoridades sanitárias examinam ainda outros cinco, informou hoje o diretor para o continente da Organização Mundial da Saúde (OMS), Luis Gómez Sambo.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

"A OMS detectou, até agora, na África, 12 casos suspeitos e estamos ainda esperando os resultados das análises de cinco deles", disse Gómez Sambo, em entrevista coletiva em Adis-Abeba, onde acontece uma reunião de ministros de Saúde da União Africana (UA).

Os cinco casos à espera de exames são "um no Benin e quatro em Seychelles", disse o responsável da OMS na África.

Antes, tinha sido detectado um total de sete casos suspeitos entre África do Sul, Benin, Quênia e Uganda, mas todos foram descartados nos exames de laboratório, disse Sambo.

Até agora, a África é o único continente onde não foram confirmados casos de gripe suína. EFE mc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG