Sessão do Parlamento iraquiano sobre tropas estrangeiras é suspensa

Bagdá, 17 nov (EFE) - O Parlamento iraquiano iniciou hoje os debates sobre o pacto de segurança com os Estados Unidos para regular a presença de tropas estrangeiras no Iraque, mas a sessão foi suspensa antecipadamente devido ao protesto de vários deputados.

EFE |

Um deputado independente explicou que o presidente do Parlamento iraquiano, Mahmoud Mashadani, resolveu encerrar a sessão, após o início dessa, pelas objeções de vários deputados.

Desta forma, só houve a leitura do texto e no início de um breve debate, antes que a sessão fosse suspensa, já que parlamentares criticaram que os pontos de hoje não estavam incluídos na agenda de trabalho da Câmara.

"O bloco de Sadr e um grupo de deputados pediram para encerrar a sessão para impedir que o pacto fosse lido, sem tê-lo incluído na agenda de trabalho", explicou o parlamentar.

O clérigo xiita Moqtada al-Sadr, um dos maiores opositores ao acordo, pediu hoje ao Parlamento em comunicado que não hesite em expressar sua rejeição a esse plano de segurança, já que considera que se trata de um processo de "venda" do Iraque e de seu povo.

Ele assegurou que a aprovação por parte do Governo desse pacto é "a primeira marca de humilhação e uma afronta".

"O país não precisa de nenhum acordo com quem não tem vontade para cumprir suas promessas, nem religião", afirmou.

Hoje, o ministro de Assuntos Exteriores iraquiano, Hoshiyar Zebari, assinou com o embaixador dos EUA no Iraque, Ryan Crocker, a minuta do acordo.

Após receber, no domingo, o sinal verde do Conselho de Ministros, a minuta deve ser aprovada pelo Parlamento, que o votará na próxima segunda-feira, e ratificada pelo Conselho Presidencial antes de entrar em vigor.

O texto estipula que antes de 30 de junho de 2009 será preciso retirar as tropas multinacionais das cidades e dos povoados iraquianos, e antes de 30 de dezembro de 2011 de todo o território nacional iraquiano. EFE am/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG